voltar para o site

Dinâmica para Crianças

As dinâmicas de grupo para crianças, muito mais do que brincadeiras, são ferramentas que auxiliam no processo de ensino e aprendizagem, funcionando como uma maneira diferente e lúdica de instrução e educação. Em tempos em que os jovens estão cercados por opções de entretenimento de fácil acesso, é importante que educadores e responsáveis invistam em soluções que estimulem a interação e socialização entre as crianças.

As dinâmicas de grupo para educação infantil costumam apresentar resultados muito positivos, despertando valores e competências importantes para o desenvolvimento social das crianças, como trabalho em equipe, formação de grupos para resolução de desafios e raciocínio lógico. A cooperação necessária para se chegar ao objetivo proposto pela atividade gera benefícios claros, melhorando a relação interpessoal e incentivando os pequenos a serem mais comunicativos.

As dinâmicas podem ser realizadas de diversas maneiras, como brincadeiras, histórias, jogos, desafios, entre outros. Essas atividades são uma ferramenta importante, por exemplo, para o primeiro dia de aula na escola, fazendo com que os alunos trabalhem em cooperação desde o primeiro momento, promovendo, assim, a socialização e a formação de novas amizades.

Geralmente, o trabalho apresenta melhores resultados com crianças acima dos quatro anos, que conseguem compreender melhor o objetivo da atividade e a desenvolvem melhor. Porém, existem atividades menos complexas que podem ser feitas com as crianças menores, envolvendo estímulos de fácil compreensão, como músicas, cores, etc.

É importante que as dinâmicas sigam estratégias pedagógicas traçadas previamente pelos educadores. Desse modo, as atividades cumprirão seu objetivo como ferramenta educacional, não sendo apenas uma brincadeira ou uma distração. Por isso, o ideal é trabalhar com grupos enxutos, para que todos entendam e participem das atividades. Se o número de crianças for muito elevado, é recomendável dividi-las em subgrupos menores, para que se consiga manter a organização e o foco do exercício.

O responsável pelo monitoramento da dinâmica deve ficar atento para verificar se a atividade está acontecendo conforme o planejado e se está dando certo. Há interação entre as crianças do grupo? Elas estão entretidas pela atividade e concentradas em resolvê-la? Alguém está isolado ou ficou de fora? O objetivo está sendo cumprido ou virou apenas bagunça? O educador deve atentar a esses aspectos para adequar os exercícios e mudá-los quando necessário. Também é importante que o responsável explique bem qual é o objetivo da atividade e que existem regras a serem seguidas.

Veja a seguir alguns exemplos de dinâmicas de grupo que podem ser feitas com crianças.

Dinâmica da União

Material: Nenhum

Como fazer: As crianças devem dar as mãos e formar um círculo no centro da sala. Em seguida, o professor deve orientá-los a observar e memorizar o rosto das pessoas que estão tanto à direita quanto à esquerda de cada um. Depois, todos devem soltar as mãos e andar pela sala de modo aleatório, até que se misturem. Ao sinal do professor, todas as crianças devem se voltar ao centro da sala e formar um grande abraço coletivo. Imóveis, elas devem, então, dar as mãos novamente às pessoas que estavam ao seu lado no começo da atividade. De mão dadas, o objetivo é formar novamente o círculo do início do exercício.

Objetivo: Demonstrar para as crianças a importância do trabalho em equipe e da cooperação. Para voltar à posição inicial, elas terão que se comunicar e colaborar umas com as outras.

Dinâmica do Desafio

Material: Caixa de bombons e papel opaco

Como fazer: Sem que as crianças vejam, o professor deve cobrir uma caixa de bombons com um papel opaco, para que não seja possível reconhecer seu conteúdo. Em seguida, as crianças devem sentar em um círculo no centro da sala. Ele deve dar a caixa fechada para uma delas e pedir que a passem de mão em mão até que seja dado o sinal para parar. A caixa contém bombons, porém o professor deve explicar às crianças que dentro dela há uma série de tarefas a ser cumpridas e que, ao final, quem estiver com a caixa em mãos deverá realizar uma dessas tarefas.

Objetivos: Analisar o medo que as crianças têm do desconhecido e demonstrar que não há o que temer ao encarar novos desafios. É normal as crianças se sentirem inseguras ao receberem uma caixa em que não se sabe o que tem dentro. Porém, ao verem que não existia tarefa alguma, e sim bombons, elas vão entender que encarar o desconhecido nem sempre é algo ruim.

Dinâmica do Feitiço Contra o Feiticeiro

Material: Papel e lápis

Como fazer: As crianças devem sentar no centro da sala formando um círculo. Em seguida, sem que ninguém veja, elas devem escrever uma tarefa ou brincadeira que gostaria que o colega à sua direita realizasse. Depois de todos terem escrito, o professor anuncia que, na verdade, a própria pessoa é quem realizará a prenda que escreveu para o colega ao lado.

Objetivo: Demonstrar para as crianças a importância de não tentar tirar vantagem ou de se desejar o mal para outras pessoas. Ao descobrirem que elas mesmas terão que executar a tarefa que propuseram, elas vão refletir sobre coisas que desejamos aos outros, mas que não gostaríamos que fossem feitas conosco.

Dinâmica da Análise

Material: Papel, lápis e fita adesiva

Como fazer: As crianças devem formar uma fila. Em seguida, elas devem colar um papel nas costas do colega da frente e escrever uma qualidade sobre ele. No final, cada um pode ler o que foi escrito a seu respeito.

Objetivo: Estimular a socialização e a comunicação entre as crianças. Ao descrever uma característica positiva sobre o colega, a interação e o relacionamento entre elas alcançarão um nível mais pessoal, gerando mais conversas e brincadeiras e proporcionando a formação de novas amizades.

 

Uma das grandes vantagens das dinâmicas de grupo para a educação infantil é que elas podem ser realizadas com pouco ou quase nenhum gasto, fazendo uso de materiais simples e facilmente encontrados no ambiente escolar, como lápis, papel, caneta, bolas, entre outros. São exercícios que podem auxiliar o educador no reforço de conceitos trabalhados em aula e no desenvolvimento da turma.

As dinâmicas são ferramentas importantes para que as crianças desenvolvam valores importantes para o seu desenvolvimento social, proporcionando a elas reflexão sobre suas atitudes e decisões. São atividades importantes para promover uma maior interação entre os pequenos e trabalhar aspectos como cooperação, liderança e união.

Compartilhe
8 comentários

    Comentários

  1. Amanuely Ayala
    11 de abril de 2018 às 14:51

    Parabens gostei muito

  2. Josiane Sousa
    1 de junho de 2018 às 18:14

    Muito bom, usei na minha célula de crianças.

  3. Darciane
    21 de junho de 2018 às 08:46

    Parabéns excelentes dinâmicas.

  4. poliane
    28 de junho de 2018 às 16:51

    Gostei muitooo das dinâmicas???????

  5. poliane
    28 de junho de 2018 às 16:52

    Ameiiii??????

  6. Luara Wiethoelter Lemos
    30 de outubro de 2018 às 17:29

    Adorei a dinâmica do feitiço contra o feiticeiro. Acho que as crianças aprendem a não desejar o mal para ninguém e já entra no cunho social da educação. Peguei esta dinâmica para fazer com minha turma e espero que surja um resultado positivo para o meu trabalho no curso.

  7. Cláudio jose
    18 de dezembro de 2018 às 09:59

    Excelentes dinâmica

  8. Katia
    19 de dezembro de 2018 às 16:01

    Farei com os meus alunos do fundamental. Servirá para eles.

Deixe seu comentário


Do NOT follow this link or you will be banned from the site!