voltar para o site

A brincadeira em grupo é uma maneira saudável e divertida da criança exercitar a sua sociabilidade, aprendendo a respeitar o espaço e as opiniões do outro. Além disso, também é uma oportunidade para desenvolver a resiliência, criar amizades e desenvolver a comunicação interpessoal. São muitos os benefícios do brincar em grupo e destacamos os mais relevantes entre eles:

  1. Permite que as crianças desenvolvam suas habilidades sociais no seu próprio ritmo: cada pequeno tem seu tempo para começar a desenvolver habilidades sociais. Mas a brincadeira em grupo num playground, por exemplo, ajuda nessa tarefa. Isso se inicia no intervalo entre 1 e 3 anos de idade. Já dos 3 aos 5 anos de idade, as crianças costumam conviver com outras da sua própria faixa etária, cultivando amizades. Essa é uma lição importante para a vida adulta.
  2. Constrói a autoconfiança: a inteligência emocional de uma criança começa a ser construída em
  3. casa, na convivência com a sua família, principalmente com os pais. Quando ela sai do conforto de seu lar para relacionar-se com outros pequenos, quebra-se um paradigma de segurança e, pode-se, então, construir outro, na convivência com esses colegas de brincadeira. Isso incentiva o desenvolvimento de sua independência desde cedo.
  4. Promove a atividade física: a criança brincando em grupo torna-se mais ativa, incentivada pela energia dos colegas. Mesmo nas brincadeiras em grupo que ocorrem dentro de casa, os pequenos arranjam um jeito de se movimentar e exercitar suas coordenações motoras fina e grossa.
  5. A imaginação e a criatividade são compartilhadas: brincando em grupo, cada criança expõe suas ideias e as modifica de acordo com as opiniões dos outros, incrementando a criatividade e imaginação. Para isso, o melhor é deixar os pequenos brincarem livremente e construir seus cenários de fantasia sem interferência.
  6. As crianças aprendem umas com as outras: além de compartilharem a imaginação e a criatividade, os pequenos podem também passar uns para os outros um pouco de sua experiência. Assim, é possível que cada um ensine ao outro um pouquinho mais a cada nova brincadeira. Essa é uma forma excelente, por exemplo, para se aprender mais sobre o convívio com o diferente.

Portanto, a brincadeira em grupo é essencial para que as crianças se desenvolvam física e emocionalmente. Para isso, nada melhor que um playground completo e seguro em que elas convivam brincando. A Pimpão possui uma linha completa e exclusiva de playgrounds ideais para a sua instituição de ensino. Faça com que aquela brincadeira durante o recreio seja repleta de lições e diversão com os nossos produtos.

Compartilhe Tags
0 comentários

Brincar ao ar livre é uma forma de dar mais liberdade às crianças, fazendo com que a imaginação não tenha limites, além de contribuir para a saúde e socialização. Percebemos que as gerações atuais têm cada vez menos oportunidades de brincar ao ar livre, pois, por motivos de segurança, acabam confinadas dentro de suas casas, lidando principalmente com videogames e outros aparelhos eletrônicos que limitam os movimentos e a capacidade de inventar a própria brincadeira. Por isso, é importante que sejam reservados momentos para ir ao parque afim de que as crianças possam brincar ao ar livre regularmente, uma vez que há inúmeros benefícios nisso. Listamos os 6 principais:

  1. A exposição ao Sol: nosso corpo precisa da luz solar para produzir vitamina D, que tem um papel importantíssimo em vários processos orgânicos, desde o desenvolvimento dos ossos até o fortalecimento da imunidade. Expor-se ao Sol também influi em um sono regular e no nosso humor. Por isso, todos nós — e principalmente as crianças — precisamos tomar Sol diariamente.
  2. O exercício físico: os pequenos precisam de pelo menos uma hora de exercício físico todos os dias e uma ida a um parque ao ar livre garante que isso ocorra. Uma boa ideia é levar para esse local uma bola, ou fazer um trajeto de bicicleta.
  3. O desenvolvimento de habilidades cognitivas: ao ar livre, a criança tem a chance de brincar livremente, o que promove o desenvolvimento de certas habilidades cognitivas como planejar, priorizar, negociar e realizar multitarefas. A criatividade também é exercida, utilizando a imaginação para identificar e solucionar problemas.
  4. A oportunidade de se arriscar: crianças precisam se arriscar, pois isso colabora para que construam sua autoconfiança e coragem. Arriscando-se, elas podem ganhar ou perder, e ambas opções trazem aprendizados significativos. Isso prepara os pequenos para os riscos inevitáveis que a vida apresenta, especialmente na idade adulta.
  5. A socialização: as crianças também precisam aprender a como conviver em grupo, fazer amigos, compartilhar, cooperar e lidar com outras pessoas. Se os pequenos não socializarem desde cedo, não serão capazes de aprender o que precisam para viver em sociedade.
  6. A apreciação da natureza: é preciso instruir as novas gerações sobre a importância de se preservar a natureza. Brincar ao ar livre — em um parque, por exemplo —, faz com que a criança aprenda a apreciar e a cuidar do meio ambiente.

Por esses e outros motivos que a brincadeira ao ar livre é uma modalidade importante e que deve estar presente no dia a dia de toda criança. Pensando nisso, a Pimpão possui o Playground Clube do Brincar, playground e casinha em um único brinquedo, que estimula a integração, a sociabilidade, a criatividade e a coordenação, desenvolvendo a lateralidade, noção espacial, equilíbrio e atenção. Conheça mais sobre nossos produtos e contribua para o desenvolvimento de seus alunos através da brincadeira.

Compartilhe Tags
0 comentários

Para os pequenos, o recreio é um momento encantador em que acontece a atividade mais essencial da infância: brincar. Além disso, também é hora de interagir livremente com os amigos e de relaxar. Um estudo de 2013 da American Academy of Pediatrics intitulado “The crucial role of recess in schools” (O papel crucial do recreio nas escolas) constatou os benefícios socioemocionais, intelectuais e cognitivos de um recreio bem planejado pelas instituições de ensino.

Porém, essa pesquisa também adverte para uma tendência negativa de alguns países: a diminuição do tempo de recreio e dos espaços destinados à brincadeira. Conforme as crianças crescem, o tempo e o espaço para a brincadeira nas escolas diminui, dando-se preferência para o ensino em sala de aula. Como exemplo dos benefícios do recreio para a educação, temos o caso da Finlândia, onde ele dura cerca de uma hora, lembrando que este país possui um dos melhores ensinos do mundo.

Uma forma errônea de lidar com o recreio seria o usando como moeda de troca para punições comportamentais, fazendo com que a criança que se comportou mal fique em sala de aula ao invés de brincar com os colegas. Esse tipo de medida vai na contramão das propostas educacionais das escolas mais inovadoras: por exemplo, a escola Quest of Learn, com sede em Nova Iorque, transformou radicalmente seu currículo, substituindo as tradicionais aulas expositivas por jogos variados para o ensino do conteúdo acadêmico. Assim, diversão anda junto com aprendizado, fazendo com que os desafios do recreio sejam incorporados no dia a dia em sala de aula. Diante disso, a Quest of Learn tem apresentado os melhores resultados do sistema educacional de Nova Iorque.

Não é raro encontrarmos crianças que não sabem iniciar ou manter uma brincadeira e isso ocorre, principalmente, porque elas cresceram sem praticar essa capacidade. As crianças, a princípio, sabem brincar, porém, as habilidades para tornar a brincadeira possível não são inatas, mas apreendidas e praticadas através das vivências nos recreios e playgrounds. Nesses ambientes que os pequenos aprendem a utilizar sua criatividade, imaginando situações para transformar em brincadeiras e também, aprendem a fazer novas amizades, resolver conflitos e estipular regras para o jogo, respeitando-as em conjunto.

Desse modo, o recreio é importantíssimo para o crescimento das crianças, aquilo que é vivido nesse tempo marca profundamente o seu desenvolvimento, desenhando o futuro da vida adulta. Por isso, é essencial que as escolas invistam no tempo e no espaço para a brincadeira. A Pimpão possui uma linha de playgrounds perfeitos para que os pequenos aproveitem ainda mais o período do recreio. Conheça mais sobre a Casinha Nina, uma ótima opção para incentivar a imaginação e socialização brincando!

 

Compartilhe
0 comentários
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!