voltar para o site

“Quando a criança constrói seu conhecimento a partir de suas brincadeiras e leva a realidade para seu mundo de fantasia, ela transforma suas incertezas em algo que proporciona segurança e prazer, pois vai construindo seu conhecimento sem limitações.”
(Sanny S. da Rosa)

 

O brincar é o principal modo de expressão da infância e uma das atividades mais importantes para que a criança se constitua como sujeito da cultura. Segundo Jean Piaget, o desenvolvimento da criança acontece através do lúdico, ela precisa brincar para crescer.
Já o conhecimento é construído através das relações interpessoais, sendo que as trocas recíprocas que se estabelecem durante toda a vida fornecem as matrizes de significações na formação do indivíduo nesse processo de interação. Os interlocutores participam de forma ativa, constituindo-se enquanto pessoa e constituindo o outro, num movimento dinâmico de ação-relação em que as representações e significados vão se construindo.
Essa concepção reconhece o papel da brincadeira para a formação do sujeito, atribuindo-lhe um espaço importante no desenvolvimento das estruturas psicológicas, destacando-o pela sua plasticidade, capaz de novas articulações em função das mudanças que ocorrem no meio e das transformações histórico-culturais. De acordo com Lev Vygotsky, “é no brinquedo que a criança aprende a agir numa esfera cognitiva”.
E, como dizia o poeta Carlos Drummond de Andrade: “Se é triste ver meninos sem escola, mais triste é vê-los sentados enfileirados em sala sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem”. Por isso, diretores, educadores e professores, vamos brincar!

Compartilhe Tags
0 comentários

Nos dias 27, 28 e 29 de março de 2019 acontecerá, na cidade de São Paulo, o GEduc, evento direcionado para gestores de escolas e IES. Sempre trazendo conteúdos inovadores para a sua pauta, o GEduc 2019 terá como tema principal Educação 4.0 — A Revolução nas Instituições Educacionais. Serão mais de 60 palestrantes convidados, muita troca de experiências profissionais e pessoais no âmbito da educação. Então, para se atualizar e aprender mais sobre ferramentas digitais, inovação em sala de aula, protagonismo do aluno, novas metodologias ativas de educação, EAD, inteligência artificial e aprendizagem interativa, faça já sua inscrição e garanta seu ingresso no site: https://www.geduc2019.com.br/

Aproveite os melhores preços dos primeiros lotes de ingressos.

 

Informações do GEduc 2019:

Data: 27, 28 e 29 de março de 2019

Local: Hotel Maksoud Plaza – Rua São Carlos do Pinhal, 424 – Bela Vista, São Paulo – SP

Organização: HUMUS

Site: https://www.geduc2019.com.br/

Não deixe de visitar o stand da Pimpão no GEduc 2019 e conhecer melhor nossos produtos: playgrounds exclusivos e nacionais, mobiliários educacionais, espumados e brinquedos pedagógicos. Esperamos você em março!

Compartilhe Tags
0 comentários

A brincadeira em grupo é uma maneira saudável e divertida da criança exercitar a sua sociabilidade, aprendendo a respeitar o espaço e as opiniões do outro. Além disso, também é uma oportunidade para desenvolver a resiliência, criar amizades e desenvolver a comunicação interpessoal. São muitos os benefícios do brincar em grupo e destacamos os mais relevantes entre eles:

  1. Permite que as crianças desenvolvam suas habilidades sociais no seu próprio ritmo: cada pequeno tem seu tempo para começar a desenvolver habilidades sociais. Mas a brincadeira em grupo num playground, por exemplo, ajuda nessa tarefa. Isso se inicia no intervalo entre 1 e 3 anos de idade. Já dos 3 aos 5 anos de idade, as crianças costumam conviver com outras da sua própria faixa etária, cultivando amizades. Essa é uma lição importante para a vida adulta.
  2. Constrói a autoconfiança: a inteligência emocional de uma criança começa a ser construída em
  3. casa, na convivência com a sua família, principalmente com os pais. Quando ela sai do conforto de seu lar para relacionar-se com outros pequenos, quebra-se um paradigma de segurança e, pode-se, então, construir outro, na convivência com esses colegas de brincadeira. Isso incentiva o desenvolvimento de sua independência desde cedo.
  4. Promove a atividade física: a criança brincando em grupo torna-se mais ativa, incentivada pela energia dos colegas. Mesmo nas brincadeiras em grupo que ocorrem dentro de casa, os pequenos arranjam um jeito de se movimentar e exercitar suas coordenações motoras fina e grossa.
  5. A imaginação e a criatividade são compartilhadas: brincando em grupo, cada criança expõe suas ideias e as modifica de acordo com as opiniões dos outros, incrementando a criatividade e imaginação. Para isso, o melhor é deixar os pequenos brincarem livremente e construir seus cenários de fantasia sem interferência.
  6. As crianças aprendem umas com as outras: além de compartilharem a imaginação e a criatividade, os pequenos podem também passar uns para os outros um pouco de sua experiência. Assim, é possível que cada um ensine ao outro um pouquinho mais a cada nova brincadeira. Essa é uma forma excelente, por exemplo, para se aprender mais sobre o convívio com o diferente.

Portanto, a brincadeira em grupo é essencial para que as crianças se desenvolvam física e emocionalmente. Para isso, nada melhor que um playground completo e seguro em que elas convivam brincando. A Pimpão possui uma linha completa e exclusiva de playgrounds ideais para a sua instituição de ensino. Faça com que aquela brincadeira durante o recreio seja repleta de lições e diversão com os nossos produtos.

Compartilhe Tags
0 comentários
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!